(19) 3231 1820

(19) 3234 4612

(19) 98103 0418

(19) 98103 0418

Atendimento via Whatsap

Toque para acessar

A dupla arroz e feijão, frango de panela, picadinho e salada lideram o ranking de pratos favoritos do brasileiro. Em comum, esses alimentos recebem um elemento que pode realçar o sabor, mas, em excesso, trazer problemas para a saúde: o sal. No entanto, não é necessário cortá-lo das preparações para evitar complicações, como a hipertensão. Medir a quantidade que é usada, apostar em temperos e investir em técnicas para manter o gosto dos alimentos são alternativas para reduzir o consumo de sódio.

"No Brasil, mais de 70% do excesso de sal que é consumido vem do sal de adição e a maior culpa é do cloreto de sódio, o sal de cozinha que é acrescentado nos alimentos. As pessoas têm de trabalhar em paralelo a redução do consumo e o hábito alimentar saudável, com a inclusão de frutas e vegetais, que ajudam a eliminar o sódio pela urina", explica Marcia Gowdak, diretora científica do Departamento de Nutrição da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp) e nutricionista responsável pelo Departamento de Nutrição da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH).

Quantidade. Ela recomenda que as pessoas retirem o saleiro da mesa para evitar colocar mais sal que o necessário nos alimentos. "É importante quantificar quanto se coloca de sal nas preparações. A recomendação é de consumir cinco gramas de sal por dia, lembrando que dois gramas já estão presentes naturalmente nos alimentos. Três gramas são equivalentes a três colheres de café", ensina.

O ranking foi elaborado pela Unilever e se refere ao ano de 2015. Molho à bolonhesa, sopa de legumes, salada de batata, strogonoff e feijoada completam a lista. Chef Brasil para a Unilever, Natália dos Santos diz que fazer uma redução gradativa na quantidade colocada nos pratos ajuda no processo de redução do consumo de sódio.

"O brasileiro consome mais sal do que é recomendado. Até no doce ele é usado para realçar o sabor. Mas, diminuindo a quantidade, é possível reeducar o paladar. E devemos sempre provar a comida e ver se não está faltando algum tempero antes de colocar mais sal. Experimentar é a palavra-chave."

1 - Arroz

Usar cebola e alho no preparo dá um gosto especial ao prato e evita o uso excessivo de sal.

2 - Feijão

A folha de louro pode ser uma aliada na hora de temperar o prato e trazer sabor.

3 - Frango de panela

Caso use um tempero pronto, não adicione sal no preparo.

4 - Picadinho

Antes de colocar água e demais ingredientes no preparo do picadinho, sele a carne (frite toda a superfície) para manter o suco dentro dela e deixar a comida mais saborosa.

5 - Salada de alface e tomate

Tire o saleiro da mesa e experimente a comida antes de adicionar sal.

6 - Molho à bolonhesa

Use uma colher medidora para colocar o sal e não ultrapasse a quantidade de 5 gramas por dia.

7 - Sopa de legumes

Se não tiver uma horta em casa, use ervas desidratadas para temperar os alimentos.

8 - Salada de batata

A cada preparo, diminua a quantidade de sal usada para reeducar o seu paladar.

9 - Strogonoff

Ao utilizar produtos industrializados, leia o rótulo e escolha o que tem menos sódio.

10 - Feijoada

Pratos que levam bacon e produtos embutidos devem receber sal em pequenas quantidades, pois já contêm alimentos salgados.

Fonte: Saúde Estadão